Conheça os sintomas de Jovens com Autismo Leve

Conheça os sintomas de Jovens com Autismo Leve

O Transtorno do Espectro Autista (TEA) é uma síndrome que afeta principalmente a capacidade de interação social, as habilidades de comunicação social e os comportamentos sociais. O Transtorno pode ser considerado um espectro em que os sintomas podem variar de grau e intensidade, classificando o autismo em diferentes níveis.

Um jovem autista severo pode ser percebido facilmente, porém aquele com traços discretos da síndrome pode não receber o devido diagnóstico e assim, o tratamento adequado.

Portanto, conhecer os sintomas da forma leve do Autismo é de fundamental importância. Segue alguns exemplos:

Em relação a Capacidade de interação social, o jovem pode apresentar:
Pouco contato visual; dificuldade em iniciar e manter uma interação; parecer ser frio com pessoas próximas; comportamentos estranhos com pessoas não próximas; dificuldade de se colocar no lugar de outras pessoas (muitas vezes parecem agressivos quando se expressam); explosões de raiva em situações frustrantes.

Em relação a Comunicação Social, o jovem pode apresentar:
Dificuldade em iniciar e manter uma conversa, apesar de demonstrar um bom vocabulário; manter sempre a mesma entonação da fala, dificuldade em compreender e utilizar gestos e expressões faciais, interesse em conversar sempre sobre o mesmo assunto, dificuldade em compreender provérbios, metáforas e palavras com duplo sentido.

Em relação aos Comportamentos Sociais, o jovem pode apresentar:
Manias e repetições, dificuldade em aceitar mudanças de rotinas, inflexibilidade na sua forma de pensar, fixação por um assunto específico.

O tratamento para o jovem com Autismo Leve é necessário, podendo ser feito de forma individual ou em grupo. O tratamento ajudará o jovem autista a desenvolver estratégias comportamentais e cognitivas para lidar com suas dificuldades, também é foco no tratamento o treino prático de interação, melhorando assim a sua qualidade de vida e de seus familiares.

Por: Alessandra Sales (Fonoaudióloga Somar) & Luana Passos (Psicóloga Somar)

Autor

Equipe Somar

Sem comentários.

Junte-se à conversa